Como Reciclar Móveis Antigos

Muitas vezes temos móveis antigos de família, perdidos num sótão ou simplesmente desprezados e rotulados de velhos, estragados, furados pelo bicho da madeira, bons só para fazer uma fogueira no Inverno! Mas antes de termos essas ideias destruidoras devemos olhar para as peças e identificar a sua beleza intrínseca, elas são úteis e funcionais, só necessitam de ajuda para lhes ser dada uma nova alma, são excelentes para decorar casas de campo de uma forma rústica e campestre.
Vantagens na reciclagem
Poupar dinheiro
Preservar objectos com história (mais que não seja, a nossa!)
Ser ecológico, reutilizando recursos
Criar peças com um toque pessoal, logo serão únicas
Estimular a criatividade
Diversão, sim, é sem dúvida divertido
Vou dar dois exemplos de reciclagem, o primeiro, trata-se de uma mesa de apoio que se encontrava perdida nos fundos da casa. Tinha várias tonalidades devido a camadas de tinta que foram saltando com o tempo, mossas e furos de pregos. Quando olhei para ela idealizei-a pintada de um tom claro, marfim, com um ar ligeiramente envelhecido, era excelente  como mesa de apoio na sala de estar, para colocar o portátil por exemplo. A segunda peça é uma mesa-de-cabeceira com várias dezenas de anos, pintada de castanho escuro e envernizada, mas que apresentava muitas irregularidades na cor e na textura, além do mais procurava dar-lhe um ar mais ligeiro com uma cor mais clara.
Passo a passo….
Quando vamos trabalhar madeira pintada devemos verificar se a tinta está ou não em bom estado. Em caso negativo, para evitar irregularidades na peça, devemos decapar a tinta antiga usando um decapante universal. Siga as instruções de utilização presente na embalagem.
Depois de deixar actuar o decapante e com a ajuda de uma espátula, raspe a tinta  velha que se encontra mole e em pasta devida à acção do produto.
Depois de decapada deverá lixar a peça, poderá fazê-lo à mão com folhas de lixa simples ou usando uma lixadeira eléctrica, no mercado existem imensas soluções, manuais ou eléctricas.

Caso a madeira apresente frechas, buracos ou outras imperfeições aplique betume para madeira com a ajuda de uma espátula. Deixe secar de acordo com as instruções do produto e lixe novamente a peça. Vídeo betume
Já lixada deverá limpar bem com um pano seco para retirar o pó e resíduos acumulados.
Com o uso de uma trincha deverá passar em toda a peça uma subcapa branca ou um primário incolor para madeiras, dependendo se pretende pintar a peça ou deixá-la ao tom natural. Deixe secar de acordo com as instruções da embalagem. Voltar a lixar de forma a eliminar excessos e criar uma superfície homogénea. Vídeo da subcapa
Finalmente aplique a tinta para madeiras de forma equilibrada em toda a peça. Caso pretenda dar um ar envelhecido deixe secar a tinta durante 20 minutos e com o uso de uma esponja passe-a aleatoriamente sobre a peça dando especial incidência nas arestas, para que seja posto a descoberto o tom da subscapa ou tons original da madeira.
De uma forma simples estas duas peças ganharam uma nova vida…..
Foto final mesa apoio, foram substituídos os puxadores
Foto final mesa de cabeceira

Espero com este artigo dar-vos uma ajuda e transmitir um método simples de como reciclar móveis antigos.

Muitas vezes temos móveis antigos de família, perdidos num sótão ou simplesmente desprezados e rotulados de velhos, estragados, furados pelo bicho da madeira, bons só para fazer uma fogueira no Inverno! Mas antes de termos essas ideias destruidoras devemos olhar para as peças e identificar a sua beleza intrínseca, elas são úteis e funcionais, só necessitam de ajuda para lhes ser dada uma nova alma, são excelentes para decorar casas de campo de uma forma rústica e campestre.

Vantagens na reciclagem

  • Poupar dinheiro
  • Preservar objectos com história (mais que não seja, a nossa!)
  • Ser ecológico, reutilizando recursos
  • Criar peças com um toque pessoal, logo serão únicas
  • Estimular a criatividade
  • Diversão, sim, é sem dúvida divertido
A mesa de apoio desmontada

A mesa de apoio desmontada

Vou dar dois exemplos de reciclagem, o primeiro, trata-se de uma mesa de apoio que se encontrava perdida nos fundos da casa. Tinha várias tonalidades devido a camadas de tinta que foram saltando com o tempo, mossas e furos de pregos. Quando olhei para ela idealizei-a pintada de um tom claro, marfim, com um ar ligeiramente envelhecido, era excelente  como mesa de apoio na sala de estar, para colocar o portátil por exemplo. A segunda peça é uma mesa-de-cabeceira com várias dezenas de anos, pintada de castanho escuro e envernizada, apresentava muitas irregularidades na cor e na textura. Procurava dar-lhe um ar mais ligeiro com uma cor mais clara.

Passo a passo….

O "antes" da mesa de cabeceira

O “antes” da mesa de cabeceira

  • Quando vamos trabalhar madeira pintada devemos verificar se a tinta está ou não em bom estado. Em caso negativo, para evitar irregularidades na peça, devemos decapar a tinta antiga usando um decapante universal.
  • Depois de deixar actuar o decapante e com a ajuda de uma espátula, raspe a tinta  velha que se encontra mole e em pasta devida à acção do produto.
  • Depois de decapada deverá lixar a peça, poderá fazê-lo à mão com folhas de lixa simples ou usando uma lixadeira eléctrica. No mercado existem imensas soluções, manuais ou eléctricas.

  • Caso a madeira apresente frechas, buracos ou outras imperfeições aplique betume para madeira com a ajuda de uma espátula. Deixe secar de acordo com as instruções do produto e lixe novamente a peça.

  • Já lixada deverá limpar bem com um pano seco para retirar o pó e resíduos acumulados.
  • Com o uso de uma trincha deverá passar em toda a peça uma subcapa branca ou um primário incolor para madeiras, dependendo se pretende pintar a peça ou deixá-la ao tom natural. Deixe secar de acordo com as instruções da embalagem. Voltar a lixar de forma a eliminar excessos e criar uma superfície homogénea.

  • Aplique a tinta para madeiras de forma equilibrada em toda a peça. Caso pretenda dar um ar envelhecido deixe secar a tinta durante 20 minutos e com o uso de uma esponja passe-a aleatoriamente sobre a peça dando especial incidência nas arestas, para que seja posto a descoberto o tom da subcapa ou tons original da madeira.
  • Por fim, dê azo à sua imaginação e com a ajuda de um rolo de fita para pintar e faça alguns desenhos que se adequem à peça em restauro. Neste caso, pintámos algumas arestas da mesa de cabeceira com um azul vivo.

De uma forma simples estas duas peças ganharam uma nova vida…..

Mesa de Cabeceira Final

Mesa de Cabeceira Final

Mesa de Apoio Final

Mesa de Apoio Final

3 comments to Como Reciclar Móveis Antigos

  • Notebooks Acer  disse:

    Maravilhoso esse teu poster, eu estava procurando por isso a muito tempo.

  • Ricardo  disse:

    Gostei muito da intervenção que vc fez.
    A minha mulher tem um site sobre esse tema de “como reciclar mobiliário antigo”.
    http://www.monstros.pt
    Também tem página de facebook com todas as actualizações de peças.

  • Como Decorar um Quarto de Dormir Rústico « FazerDecor  disse:

    […] A cama, a cómoda e o roupeiro, foram as únicas peças de mobiliário novas, adquiridas para o feito, tendo toda a restante decoração sido assegurada através da reciclagem de mobiliário velho. Exemplos dessa reciclagem são a mesa de cabeceira e a secretária, que não sendo secretária, mas sim uma simples mesa de apoio, garante bem essa função. Ambas as peças não eram mais que mobiliário velho e degradado, prontas a seguir para o lixo. Poderão ver esse processo no artigo “Como reciclar mobiliário antigo” […]

Leave a reply